Alugando Apartamento para temporada

Quando vamos planejar uma viagem, uma das coisas que mais pesam no bolso é o hotel! Na minha ultima ida a Londres em que eu iria ficar 1 mês me veio meio que um desespero, porque 1 mês de hotel em Londres é absurdo de caro e nós não queriamos ficar em albergue, já que teriamos muita bagagem. Mas ai veio uma luz no fim do túnel, entrando em blogs rotineiros vi uma menina que alugou um apartamento pra temporada em que uma pessoa normal disponibiliza seu apartamento, e era muito mais barato que hotel. O site é o airbnb.com e foi uma luz no fim do túnel, alugar o ap todo não tava se encaixando no nosso orçamento, porque apesar de ser mais barato que hotel ainda ficava caro, então decidimos alugar um quarto.

Bom, é sim a luz no fim do túnel, mas tem que pesquisar bastante e todos os dias até achar um com um preço que dê, caso seja orçamento apertado, com localização boa e uma casa bacana, e se tratando de Londres como já falei não é tão simples assim.
Ficamos 5 minutos de uma estação e levava 35 minutos até Oxford Street, onde ficava nosso curso de Inglês, o flat não era exatamente no centrão, mas era tranquilo. Dividimos por um bom tempo o flat com um Italiano e uma Estoniana e depois com a pessoa que cedeu o quarto pra gente que era de Kosovo. Foi muito tranquilo, tinhamos privacidade, nos deram um espaço na geladeira e não tivemos muitos problemas com divisão do banheiro, já que os horarários quase nunca batiam com os deles.
Algumas precauções são sempre bem vindas claro, já que você ficará na casa de uma pessoa que não conhece.

Procure lugares que:
. Já tenham boas recomendações.
. Procurar por bairros que sejam bons, Londres também tem bairros barra pesada.
.Procurar SEMPRE lugares que tenham metrô perto, isso é muito importante, você pode até andar de ônibus, mas metrô é muito mais tranquilo e rápido. Olhe no Google Maps.
.Dar certa prioridade para fotos de banheiros ou caso não tenha, perguntar como é o banheiro.
.Se certificar de que é uma cama de verdade e não sofá cama.
.Mandar e-mail pra saber se o quarto ou o ap ainda tá disponível, porque apesar de ter um calendário que mostra os dias não disponíveis, ás vezes eles não colocam mas o quarto já tá vago.
.O pagamento é bem tranquilo, você paga todo o valor na hora da reserva, mas o dinheiro só vai pra pessoa se você não reclamar nada, caso seja cancelado ou você não goste do lugar o valor é devolvido.
.Pode ocorrer de alguém cancelar bem perto da viagem, alguns têm recomendações que fazem críticas desse nível, então tenha sempre uma segunda opção na manga.
.Sempre avise a pessoa do dia e horário que você for chegar e negocie isso com ele, no nosso caso chegamos 11:00 da noite e poderia ter sido um inferno se não tivessemos avisado.
Usamos o airbnb em duas ocasiões, em Londres e quando fomos pra Roma, nossos critérios foram todos esses acima:
.Metrô perto;
.Flexibilidade de check-in;
.Localização boa;
.Quarto e banheiros razoáveis;
.Boas recomendações;
.Bom custo benefício;

Não ficamos em nenhum lugar chique, mas prezamos muito por certo conforto e pagar um preço justo por isso, não é impossível de achar e acertamos muito nas nossas escolhas, nossa estada em Roma foi magnifica, ficamos em um Bed and Breakfast, Roma Vintage, muito bacana que vale um posto só dele, tanto é que quando fizemos a reserva tinham 2 recomendações e hoje tá lotado.

Conclusões finais, nós iremos usar muito ainda o airbnb, mas não quer dizer que não iremos mais ficar em hotel, tanto que quando fomos pra França preferimos o hotel, pois o preço estava bem bom e seguia todos os nossos critérios. Então pesquisem lá e em hotel, usamos sempre o Hoteis.com porque os preços sempre ficaram mais baratos que no booking.com, mas é bom olhar nos dois porque pode ser que seja o contrário. Ah! E olhem SEMPRE no Google Maps as localizações.

Share Button

Leaver a comment